domingo, 18 de novembro de 2012

DEFINIÇÕES DAS CAMAMADAS DA PELE

A epiderme é, por definição rigorosa, um tecido epitelial pavimentoso estratificado, ao passo que a derme é um tecido conjuntivo denso.

Como camadas distintas, a epiderme e a derme têm, tanto propriedades, como funções, distintas. A epiderme e a derme têm uma função de barreir isolante do meio exterior e a derme têm como função fornecer a tonalidade e elasticidade caracteristicas da pele.

A pele tem tendência para sofrer alterações ao longo da vida do indivíduo. A pele de um bebé tem uma camada mais grossa de gordura e uma muito mais fina de queratina protectora. À medida que as pessoas envelhecem perdem a gordura da hipoderme; a derme e a epiderme tornam-se mais finas, as fibras elásticas da derme fragmentam-se e a pele tende a enrugar-se. As peles mais envelhecidas segregam menos gordura protectora e, por isso, a pele seca com maior facilidade.

A irrigação sanguínea também diminui com a idade, pelo que as lesões cutâneas se curam mais lentamente nas pessoas mais velhas.

A pele sofre, a par com os restantes orgãos do nosso corpo, um processo natural de envelhecimento, sendo esta a que, mais marcadamente, indica o aceleram ou o retardam.

A esteticista tem em sua mão meios eficazes de diminuir a aparência envelhecida da pele.

Sem comentários:

Enviar um comentário