sexta-feira, 16 de novembro de 2012

HISTÓRIA DA COSMÉTICA

Desde sempre, homens e mulheres, de países civilizados ou não, têm usado as artes cosméticas. Nas comunidades primitivas, o seu uso relacionava-se frequentemente com rituais mágicos.
As mulheres do Antigo Egipto escureciam as sobrancelhas, pálpebras, e pestanas usando um material, o khol, à base de sulfureto de chumbo;

Também a bíblia faz referência aos perfumes;
Os primeiros salões de beleza surgiram neste século; Contudo, só depois da II Guerra Mundial começa a grande divulgação dos Cosmeticos, até chegarmos ao elevado nível de produção, distribuição, distribuição e venda que hoje conhecemos.

É um facto comum que a aparência física é muito importante no bem estar e auto- estima de cada um e no relacionamento com os outros.
Os Cosmeticos, proporcionando limpeza e hidratação cutânea, associados a Cosmeticos de prevenção, por exemplo os protectores solares, mais, não fazem do que proporcionar condições naturais à pele para suportar as acções nefastas diárias.
Os Cosméticos têm de ter substâncias não irritantes. Alguns deles pecam por ser demasiadamente perfumados, susceptíveis de causar alergias.

Sem comentários:

Enviar um comentário