quinta-feira, 22 de novembro de 2012

MODO DE APLICAÇÃO E COMPOSIÇÃO DA CERA QUENTE

Feita por intermedio duma espátula de osso ou Madeira, estendendo uma camada de cera fundida de espessura de alguns milímetros sobre a área a epilar, espalhando no sentido do crescimento do pelo.

Como se compreende, o intervalo entre a aplicação do arranque tem que se situar numa zona de temperatura perfeitamente suportada pela pele, de modo a nao causar queimaduras, irritações ou sensibilizações. Nesse intervalo de tempo, a cera deve ser dotada de boa moldagem anatómica e aderência aos movimentos de arranque implementados no sentido contrario a orientação do pelo e momentos após a sua aplicacao, antes da solidificação integral da massa.

A composição das ceras Epilatórias comportam basicamente a mistura de ceras e resinas. As vaselinas, lanolinas ou óleos, bem como outros aditivos são também adicionados para as dotar de melhores características. Estas misturas constituem massas sólidas a temperatura ambiente.

As ceras que servem como base principal destas preocupações são escolhidas de entre as ceras de origem animal e de origem vegetal, sendo, respectivamente a cera branca de abelhas e a cera de carnaúba as representantes de cada grupo, isto é, as que encontram mais frequentemente nas formulações.

A colofónia, conhecida também por pez louro e por resina de pinheiro e a escolhida de entre as resinas que se misturam as ceras com vista a satisfazer a adesividade e o aprisionamento dos pêlos.

As vaselinas, lanolinas ou óleos fazem parte frequentemente das misturas para a fusão ocorrer a temperaturas mais baixas e também para que as tiras viscosas da cera epilatória, uma vez aplicadas,
na pele, adquiram maior emoliência e não endureçam rapidamente, de modo a partirem por tracção.

Na composição destas ceras podem-se adicionar pós de grande tenuidade para corrigir a viscosidade com o sentido de exercerem alguma acção adsorvente, lubrificante ou contra-irritante (talco, amido, calamina, dióxido de titânio ou ódio de zinco)
Os corantes são adicionais para da cor. Quando pretendemos uma coloração esverdeada pode-se adicionar clorofila, uma coloração rosada adiciona-se calamina rósea, e para uma coloração amarelo-pálido pode-se adicionar pós brancos.

Como vantagens deste tipo de ceras pode-se destacar a dilatação dos poros que a temperatura provoca, tornando a epilação menos dolorosa.
Como desvantagens temos a dificuldade de auto-depilação, o facto de poder provocar queimaduras, o seu cheiro mais intenso, e o facto de ser prejudicial para as varizes e veias dilatadas.

Sem comentários:

Enviar um comentário