quinta-feira, 22 de novembro de 2012

PELOS BELEZA E GERAÇÕES

Apesar dos cuidados de beleza merecem cada vez mais atenção por parte das mulheres, este e um problema que tem atravessado gerações.
Desde as civilizações mais antigas, por motivos religiosos, sociais, como propósitos de castigo ou para melhoria de apresentação pessoal, homens e mulheres praticam a remoção de pelos e cabelos de modos variados, bem como tentaram a inibição do seu crescimento. Tribos africanas e nativos Sul-americanas utilizam exsudados de árvores para conseguirem mais facilmente a depilação.
Na antiga Grécia, em 2000 a.C., as gregas arrancavam os pêlos com as mãos, ou queimavam-nos com cinzas quentes sobre a pele. A dor era tanta que as sacerdotisas dos templos de Creta, ingeriam uma bebida forte, semelhante a um anestésico, que entorpecia o corpo e evitava o sofrimento.
Nos anos 20 e 30, a depilação era apenas feita nas pernas, enquanto a zona púbica e as axilas nao eram delineadas.
No incio da segunda metade do século, a depilação das axilas e a grande conquista, generalizando -se a prática da depilação.
A depilação axial é aconselhada, pois além do factor estético, aumenta a superfície da pele em contacto com os anti-transpirantes e por outro lado impede a proliferação de micro-organismos.
Aplica-se o termo depilação quando o processo de retirar o pêlo é degradativo e parcial; ou seja o pêlo é <cortado>.

Entende-se por depilação todas as medidas de corte do pêlo e que originam um resultado transitório, ou seja o pêlo volta a crescer com maior ou menor rapidez.
As repetições são necessárias num curto espaço de tempo, e convém que nao sejam dolorosas ou que causem efeitos secundários.

Por outro lado aplica-se o termo epilação para a remoção total incluído a raiz.

Embora com excepções, a procura de métodos depilatórios/epilatorios, são para uso feminino, essencialmente para as práticas removíveis ao nível da face, das axilas e das pernas. A escolha do método é dependente da sensibilidade de cada mulher, mas o factor tempo economia influenciam muitas vezes o processo adoptado.

Sem comentários:

Enviar um comentário