quinta-feira, 22 de novembro de 2012

RADIAÇÃO SOLAR

A luz solar é um espectro de radiações electromagnéticas (fenómeno ondulatório). Se bem que os nossos olhos captem a luz solar como uma "mistura" homogénea de luz branca, esta é, na verdade constituída por um conjunto de radiações diversas. A sua diferença reside numa propriedade que elas têm e que é o comprimento de onda. Quando a luz passa por um prisma de vidro ou em gotículas de água na atmosfera, divide-se nas variedades radiações que a compõem e que a vista humana percebe sob a forma de cores diferentes ( "arco-íris"), que mais não são do que radiações com comprimentos de onda diferentes. A luz solar, além das radiações que a vista humana apercebe na forma das várias cores, emite também variadas radiações que não apercebemos e assim poderemos as primeiras denominá- las de luz visível e as ultimas denominá-las por várias designações, consoante a gama de comprimentos de ida a que pertençam: infravermelhos, IV, ultravioletas UVA, UVB e UVC.

A energia que cada radiação contêm é inversamente proporcional ao seu comprimento de onda, ou seja, radiações com pequenos comprimentos de onda, terão comparativamente, maior energia do que radiações com gandes comprimentos de onda. A unidade de comprimento usado é o namometro, (nm), que corresponde a 0,000000001 m. Todas as radiações solares afectam a nossa pele. Discutiremos em seguida cada tipo de radiação.

Sem comentários:

Enviar um comentário